Recomendações de Leitura

_______________________________________________________________________________________________
51crrqh6pl-_sx325_bo1204203200_
Se lhe agradou o estudo Jesus no Talmude, publicado aqui em 07/10/2016, recomendo a leitura de Jesus in Talmud de Peter Schäfer, publicação da Princeton University Press.
Um aprofundado estudo sobre as menções hostis a Jesus (Yeshu) no Talmude Babilônico.
______________________________________________________________________________________________
9780900506192-2
Para aqueles que gostaram do estudo “J. Krishnamurti e o Sonho Teosófico por um Instrutor Mundial”, postado aqui em 06/05/2016, recomendo a leitura de “J. Krishnamurti: The Years of Awakening”, de Mary Lutyens, a mais extensa e detalhada biografia sobre o período teosófico de Krishnamurti.
Mary Lutyens conheceu Krishnamurti ainda na sua infância, tornando-se uma amiga muito próxima durante toda a sua vida. Ela foi filha de Emily Lutyens, uma ativa teósofa em Londres, por isso teve acesso a uma ampla quantidade de documentos, de correspondências e de publicações da Sociedade Teosófica.
______________________________________________________________________________________________
51gAOVZRY0L._SX331_BO1,204,203,200_
Se lhe agradou o artigo “O Sacrifício de Viúvas na Índia“, postado aqui em 13/10/2015, recomento a leitura do livro Sati, the Blessing and the Curse: The Burning of Wives in India (Sati, a Benção e a Maldição: A Queima de Esposas na Índia), editado por John Stratton Hawley, publicado pela Oxford University Press, onde este assunto é exposto e analisado desde diferentes perspectivas.
_______________________________________________________________________________________________
51XRCdNhTdL._SX319_BO1,204,203,200_
Se gostou do estudo “Os Exageros na Recentidade ou na Antiguidade das Datações da Criação pelos Religiosos“, postado aqui em 23/05/2015, recomento a leitura de The World from Beginnings to 4000 BCE (O Mundo desde o Começo até 4000 a.e.c.), de autoria do paleoantropólogo Ian Tattersall, Oxford University Press. 4004 a.e.c. é a data calculada pelo arcebispo James Ussher, em 1650 e.c., para a criação do mundo, uma data acreditada por muitos cristãos até hoje, por isso Tattersall escreveu, desde o ponto de vista da Paleoantropologia, sobre o que aconteceu na evolução humana antes da data sugerida por Ussher.
Ainda com respeito a este assunto, recomento também a leitura do livro How to Build a Habitable Planet: The Story of  Earth from the Big Bang to Humankind (Como Construir um Planeta Habitável: a História da Terra desde o Big Bang até a Humanidade), de autoria de Charles H. Langmuir e Wally Broecker, Princeton University Press.

_______________________________________________________________________________________________

51OYGvylc2L._SY344_BO1,204,203,200_Para os que se interessam pelo debate entre religiosos e céticos, desde o ponto de vista da Ética, recomendo a leitura do registro do debate entre o teólogo William Lane Craig e o filósofo Paul Kurtz, este último fundador do Humanismo Secular, ocorrido em 2001 na Franklin and Marshall College,  no livro “Is Goodness Without God Good Enough? A Debade on Faith, Secularism and Ethics (A Bondade sem Deus é Boa o Suficiente? Um Debate sobre Fé, Secularismo e Ética), editado por Robert K. Garcia e Nathan L. King. O livro é acrescido de artigos sobre este assunto por John Hare, Richard Swinburne e outros (Rowman & Littlefield Publishers).

k7641

Se gostou do artigo “O Problema Fonológico da Palavra Ham (Cam) e sua Identificação com a Cor Negra“, postado aqui em 09/01/2015, sugiro a leitura de “The Curse of Ham: Race and Slavery in Early Judaism, Christianity and Islam (A Maldição de Ham: Raça e Escravidão no Início do Judaísmo, do Cristianismo e do Islã), de David M. Goldenberg, Princeton Univertsity Press.

_______________________________________________________________________________________________

 

religiao_n_psicopatologia_e_saude_mental_1232323692p-184x273Para aqueles que se interessam pelo estudo crítico da religião desde a perspectiva psicológica, recomento a leitura de Religião, Psicopatologia e Saúde Mental, de autoria de Paulo Dalgalarrondo (do Departamento de Psicopatologia da UNICAMP), Artmed Editora. O tratamento resumido do conceito de religião no primeiro capítulo deste livro, a partir da complexidade resultante da diversidade e da evolução religiosas, apresenta alguns pontos semelhantes com a análise mais aprofundada deste assunto em Afinal, o que é Religião?

____________________________________________________________________________________________

416Vr+onhxL._SY344_BO1,204,203,200_

Para aqueles que se interessam pelo debate Evolução X Criacionismo e desejam conhecer as respostas dos cientistas para as contestações dos criacionistas quanto à evolução, recomendo a leitura do livro: Evolution and Religious Creation Myths: How Scientists Respond (Evolução e Mitos Religiosos da Criação: Como os Cientistas Respondem), de autoria de Paul F. Lurquin e Linda Stone (Oxford University Press).

______________________________________________________________________________________________

41+i7vIoMhL._SY344_BO1,204,203,200_Para aqueles que se interessam em conhecer as fontes de muitos dos temas e das leis do Antigo Testamento, as quais divergem da atribuição de origem divina pregada pelos judeus e pelos cristãos, recomendo a leitura do livro: “Inventing God’s Law: How the Covenant Code of the Bible Used and Revised the Laws of Hammurabi” (Inventando a Lei de Deus: Como o Código da Aliança da Bíblia Usou e Revisou as Leis de Hammurabi), de autoria de David P. Wright, Oxford University Press.

________________________________________________________________________________________________

 

Inventing-Hui-neng-the-Sixth-Patriarch-Hagiography-And-Biography-in-Early-Chan.-Sinica-Leidensia-0

Se lhe agradou o estudo O Analfabetismo de Hui-neng, o Principal Patriarca do Budismo Chan (Zen), postado aqui em 28/02/2014, procure ler: Inventing Hui-neng, The Sixth Patriarch: Hagiography and Biography in Early Chan (Inventando Hui-neng, o Sexto Patriarca: Hagiografia e Biografia no Chan Antigo), de autoria de John Jorgensen (Brill), o mais extenso e instrutivo estudo crítico sobre Hui-neng publicado até agora.

9780520237988

Também procure ler: Seeing Through Zen: Encounter, Transformation and Genealogy in Chinese Chan Buddhism (Vendo Através do Zen: Encontro, Transformação e Genealogia no Budismo Chan Chinês), de John R. McRae, University of California Press, apresentado novas interpretações sobre o Zen, distintas da versão tradicional.

____________________________________________________________________________________________________

 

download (2)Para os que gostaram do estudo “Nagarjuna e a Fabricação do seu Prestígio pelos Missionários Budistas“, postado aqui em 03/02/2014, sugiro a leitura de “Nagarjuna in Context: Mahayana Buddhism and Early Indian Culture” (Nagarjuna em Contexto: Budismo Mahayana e a Antiga Cultura Indiana), de autoria de Joseph Walser, Columbia University Press.

____________________________________________________________________________________________________

 

A_BIBLIOTECA_DE_NAG_HAMMADI_1254513473P    Para os que apreciaram o estudo “O Polêmico Beijo de Jesus na […] de Maria Madalena“, postado aqui,    recomendo a leitura do Evangelho de Felipe, existe uma edição brasileira da tradução inglesa de Wesley    Isenberg: “A Biblioteca de Nag Hammadi“, James M. Robinson (ed.), Madras Editora (p. 126-43).

9780802849137_p0_v1_s260x420     Para conhecer o Gnosticismo Valentiniano, procure ler: “Religions of the Hellenistic-Roman Age (p. 119- 42), de Antonia Tripolitis, publicado por W. B. Eerdmans.

Também recomendo: “Conceiving Spirits: The Mystery of Valentinian Sex“, de April D. Deconigk, em Hidden  Intercourse: Eros and Sexualitity in the History of  Western Esoterism (p. 23-48), Wouter J. Hanegraaff (ed.), Fordham University Press.

 

_____________________________________________________________________________

ucor-sidebar-image-39c02e8c63e59a213085972b695c6b1dPara os que se interessam pelo estudo do aumento do secularismo no mundo, recomendo a leitura do novo livro do sociólogo Phil Zuckerman, um dos mais dedicados pesquisadores da sociologia do ateísmo na atualidade: “Faith No More: Why People Reject Religion” (Chega de Fé: Por que as Pessoas Rejeitam a Religião?), Oxford University Press.


_____________________________________________________________________________

 Ehrman-Forgery-and-Counterforgery-e1377055362355     Para aqueles que se interessam pelo estudo da crítica textual na literatura inicial do Cristianismo, recomendo a leitura do último livro de Bart D. Ehrman: “Forgery and Counterforgery: The Use of Literary Deceit  in Early Christian Polemics” (Falsificação e Contra-falsificação: O Uso da Fraude Literária nas Antigas Polêmicas Cristãs), Oxford University Press.

 

_____________________________________________________________________________

9780192820853_p0_v1_s260x420      Sugestões de leitura para os leitores que apreciaram o estudo “O Sínodo do Cadáver, o Julgamento Macabro do Papa Defunto“, postado aqui: The Oxford Dictionary of Popes de J. N. D. Kelly, Oxford University Press.
  mzi.qxlgcgcf.225x225-75    A Short History of the Papacy in the Middle Ages, de Walter Ullmann, Routledge. Também interessante, porém um tanto desatualizado, é The Lives of the Popes in the Early Middle Ages, de Horace K. Mann, Kegan Paul, Trench, Trubner & Co.
 ___________________________________________________________________________________

 

k9515Para aqueles que gostaram do estudo “A Cientologia e a Pseudocientificidade da Dianética“, postado em 26/06/2013, recomendo a leitura de “The Church of Scientology: A History of a New Religion, de Hugh B. Urban, Princeton University Press.

Scientology_by_James_R._LewisTambém indico a leitura de Scientology, editado por James R. Lewis, Oxford University Press.

 

___________________________________________________________________________________

9780195130249Para os leitores que apreciaram o estudo “A Bibliolatria dos Sikh por seu “Livro-Guru”, postado em 18/04/2013, e desejam conhecer como foi formada a escritura sagrada dos sikhs, o Guru Granth Sahib, recomento a leitura de The Making of Sikh Scripture, de Gurinder Singh Mann, Oxford University Press.

200x200_1903765153Para introdução ao Sikhismo, sugiro: Understanding Sikhism, de W. Owen Cole, Dunedin Academic Press.

______________________________________________________________________________________

41ukkOJor8LUma interessante leitura é Society Without God: What the Least Religious Nations Can tell Us About Contentment (Sociedade Sem Deus: O Que as Nações Menos Religiosas Podem nos Dizer sobre Contentamento), de Phil Zuckerman, New York University Press.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s