Sugestões de Filmes

_

calvary_ver2_xlgPara aqueles que se interessam pelo assunto dos assédios sexuais dos padres pedófilos, uma dica é o drama/suspense Calvário (Calvary, 2014), escrito e dirigido pelo britânico John Michael McDonagh. Estrelado pelo premiado ator Brendan Gleeson, no papel do padre James, um sacerdote que é ameaçado por um misterioso indivíduo, que surge no confessionário revelando que foi molestado sexualmente no passado por um padre, que agora está morto, portanto sua vingança recairá sobre o padre atual, ameaçando matá-lo dentro de sete dias. O filme ganhou os prêmios de Melhor Ator e de Melhor Filme nos festivais: British Independent Film Awards, Irish Film and Television Awards e Berlin International Film Festival.

Leia o comentário em:

https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2017/07/24/a-responsabidade-pelo-crime-de-outro-em-calvario/ 

 

_________________________________________________________________________________

redlights-1Se lhe interessa o assunto da manipulação por trás dos poderes paranormais, a sugestão é o suspense “Poder Paranormal” (Red Lights, 2012), recheado de estrelas tais como: Robert De Niro, no papel do médium Simon Silver, Sigourney Weaver é a psicóloga Margaret Matheson e Cillian Murphy é o físico Tom Buckley, estes dois últimos empenhados no trabalho de desmascarar os paranormais. O filme é interessante pois revela as manipulações nos bastidores dos grandes espetáculos de paranormalidade, sobretudo na TV. Também, o poder da mídia de influenciar os espectadores em acreditar nos fenômenos paranormais.

Leia o comentário em:

https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2016/09/10/a-manupulacao-que-cria-o-poder-paranormal/

____________________________________________________

20194624.jpg-r_160_240-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxxPara o espectador entediado de assistir aos tantos filmes onde a moral e os valores cristãos protagonizam os enredos, a sugestão é o drama, com episódios de suspense, do roteirista e diretor ateu Matthew Chapman, A Tentação (The Ledge, 2011). Recheado de bons atores tais como Charlie Hunnam, no papel do ateu convicto Gavin Nichols, Terrence Howard, na pele do detetive católico Hollis Lucetti, Patrick Wilson, que vive o cristão fanático Joe, Liv Tyler, sua meiga e submissa esposa Shana e Christopher Gorham, no papel do judeu homossexual Chris, este drama/suspense contraria tudo o que temos visto até hoje de exaltação religiosa nos filmes, uma vez que o herói é um ateu racional e o vilão é um cristão fervoroso.

Leia o comentário em : https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2015/11/23/a-tentacao-quando-o-vilao-e-um-cristao/

____________________________________________________

downloadPara os interessados no tema da Inquisição, vale a pena assistir o filme “A Ponte de San Luis Rey” (The Bridge of San Luis Rey, 2004). Drama baseado no livro homônimo (ganhador de 3 prêmios Pulitzer) de Thornton Wilder e recheado de grandes estrelas: Robert De Niro, como o arcebispo de Lima, F. Murray Abraham, no papel do vice rei do Peru, Harvey Keitel, como o tio Pio, Kathy Bates, como a Marquesa de Montemayor, Gabriel Byrne, como o monge franciscano Juniper, Geraldine Chaplin (filha de Charles Chaplin), como a abadessa e Pilar López de Ayala é Camilla Villegas (La Perricholi).

Um monge (Gabriel Byrne) testemunha um acidente em uma ponte e decide pesquisar sobre as vidas das cinco pessoas vitimadas, resultando na publicação das suas biografias em um livro, o qual é considerado herege pela Igreja e levado a julgamento pelo Tribunal da Inquisição peruana.

Leia o comentário sobre este filme em:

https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2015/02/16/a-ponte-de-san-luis-rey-a-biografia-como-heresia/

______________________________________________________________________________________________

bphairthemoviebigjpegPara aqueles que se interessam pelo Movimento Contracultura, recomendo o filme musical Hair, do diretor Milos Forman (premiado por Amadeus), estrelado por John Savage (Claude), Treat Williams (Berger), Beverly D’angelo (Sheila), Annie Golden (Jeannie). Dorsey Wright LaFayett “Hud” e Don Dacus (Woof). Roteiro de Michael Weller. Musical baseado na peça musical homônima, de grande sucesso no final dos anos 1960, de autoria de James Rado, Gerome Ragni e Galf MacDermot. Recheado de canções imortalizadas tais como: “Aquarius“, “Good Morning Starshine” e “Where Do I Go”. O episódio do balé hippie ao som de Aquarius no início do filme é extasiante. A cena de Treat Williams (Berger) dançando sobre uma mesa, durante um jantar de gala, é histórica e foi depois imitada em outros filmes.

Para ler um comentário sobre este filme, ver:

https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2015/01/16/hair-e-o-retrato-fiel-do-movimento-contracultura/

__________________________________________________________________________________________

duvida-filmeRecomento o drama “Dúvida” (Doubt, 2008), adaptação da premiada peça teatral Doubt, A Parable escrita por John Patrick Shanley, quem também escreveu o roteiro e dirigiu, como estreante, o filme. Recheado de estrelas do brilho de Meryl Streep, do recém falecido Philip Seymour Hoffman, da bela Amy Adams e da ganhadora do Oscar, Viola Davis, este drama, com pitadas de suspense psicológico, é interessante para aqueles que se interessem por filmes sobre a cultura religiosa.

A trama toda é passada no interior de uma escola católica, nos anos 1960, no Bronx, Nova York. O tema do filme gira em torno dos transtornos que a dúvida provoca na mente dos religiosos, bem como as reações que estas pertubações desencadeiam.

Comentário em: https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2014/02/06/duvida-e-as-reacoes-dos-religiosos-ao-seu-sintoma/ 

____________________________________________________________________________________________

flores-do-oriente

Recomendo o filme Flores do Oriente (The Flowers of War, 2011), dirigido pelo formidável diretor chinês Zhang Yimou e estrelado pelo ator premiado pela Academia, Christian Bale. Este último vive o papel de um coveiro, encarregado de sepultar o falecido líder de um convento na cidade de Nanquim, durante a guerra Sino-japonesa, durante um episódico conhecido historicamente como “O Massacre de Nanquim”, o qual finge ser um padre para ajudar um grupo de adolescentes, bem como proteger um grupo de prostitutas que se refugiou no mesmo convento, a fim de fugir da violência dos soldados japoneses.

Este drama agradará ao público ateu e cético, uma vez que os heróis são pessoas laicas que, mesmo estando no interior de um convento com uma enorme catedral, ninguém reza ou invoca a ajuda de deus nos momentos de apuro e de aflição durante uma guerra violenta. O filme está disponível em Blu-ray.  Veja o comentário sobre este drama em: https://observadorcriticodasreligioes.wordpress.com/2014/01/01/flores-do-oriente-quando-os-laicos-sao-herois-solidarios/

Anúncios

2 comentários sobre “Sugestões de Filmes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s