A Inquisição e as Cruzadas Praticaram mais Crueldades do que o Estado Islâmico

por Octavio da Cunha Botelho

crusades-catholic

As Cruzadas foram a Guerra Santa dos cristãos.

Acontece no momento um encontro no Oriente Médio (dos dias 02 a 04), convocado pelo papa Francisco, com os representantes do Vaticano na Jordânia, no Iraque, no Irã, no Líbano, na Síria, na Turquia e em Israel, bem como a participação de representantes da ONU e da União Européia, para discutir a expansão do Estado Islâmico. O pontífice católico tem expressado ultimamente cada vez mais preocupação com este assunto. Durante um discurso em sua recente visita à Albânia, ele disse que “nenhum grupo religioso que usa a violência e a agressão pode afirmar ser a armadura de Deus” (o papa deveria se lembrar que Carlos Magno usou também da violência para fundar o Sacro Império Romano no século VIII e.c., e em seguida foi coroado o primeiro imperador pelo papa da época). Também, em seu recente discurso na reunião da ONU, o Secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, disse que é “tanto lícito quanto urgente deter a agressão através da ação multilateral e de um uso proporcional da força”. A Igreja Católica está preocupada com a atual violência do Estado Islâmico, sendo que ela utilizou-se do mesmo expediente no passado para alcançar poder e acumular riqueza, o que lhe garantiu uma vida opulenta nos séculos seguintes. O Estado Islâmico está atualmente vendendo as antiguidades iraquianas para obter fundos para suas ações terroristas, a Igreja Católica, por sua vez, confiscava os bens dos hereges para se enriquecer, durante o período da Inquisição.
Inquisition TorturesBem, sabemos que, pelo mundo afora, é comum um órgão, quer público ou privado, exigir das pessoas a apresentação do atestado de bons antecedentes para o exercício de certas profissões ou para o cumprimento de determinadas tarefas. Um candidato é preciso ter ficha limpa para poder se candidatar, senão sua candidatura é recusada. Agora, a ideia seguinte é absurda,  mas seria muito divertido se a ONU passasse a exigir da Igreja Católica a apresentação de um atestado de bons antecedentes antes desta última discursar na sua sede, ou de enviar seus representantes para reuniões convocadas pelo Vaticano, sobre assuntos que envolvem agressão e violência. Certamente, a Igreja não conseguiria este documento, o que seria mais divertido ainda, pois seu passado é também muito sujo, em vista das enormes crueldades cometidas durante o período da Inquisição e as atrocidades praticadas nos confrontos das Cruzadas. Em outras palavras, a Igreja Católica não tem ficha limpa. Enfim, se forem feitas as contas, o Estado Islâmico precisaria de ainda muitos séculos para poder igualar à quantidade de crueldades praticada pela Igreja Católica durante o período medieval.
Então, quando vistas desde uma perspectiva histórica, as críticas que o Vaticano está dirigindo ao Estado Islâmico atualmente só nos fazem lembrar da seguinte frase popular: “o sujo criticando o mal lavado”.

Anúncios

Um comentário sobre “A Inquisição e as Cruzadas Praticaram mais Crueldades do que o Estado Islâmico

  1. Henrique oitavo que fundou a igreja anglicana porque a parte de baixo pensava mais que a parte de cima. Calvino, outro assassino que matou Miguel Cervet porque ele falava da circulação do sangue e circula mesmo pelo organismo. Quantas pessoas foram queimadas nas fogueiras protestantes e diziam que a reforma protestante combatia os excessos da igreja catolica. Não podem comparar um monte de estupradores, ladrões e assassinos com nenhuma instituição que seja e para se tornarem o estado que dizem ser teriam um longo caminho, se fossem o que dizem, a propria população pegaria em armas para defende-los e passariam a governar a siria e o iraque legitimamente e o reconhecimento na ONU seria inevitável como foi a OLP e olha que a OLP era terrorista. Eles são piores que muitos criminosos que temos nas prisões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s